Pular para o conteúdo principal

Como aprender a cozinhar

Eu morava sozinha e lembro-me de digitar no Google “blog de cozinha” e o Panelaterapia apareceu como sugestão. E caiu como uma luva.

As receitas da Tati eram (e são) simples, fáceis e preparadas em porções pequenas. Ela descreve muito bem o passo a passo das receitas, então, para quem não sabia ferver água, o blog chegou na hora certa. Ainda acesso o Panelaterapia, quase diariamente, procurando uma inspiração, uma sobremesa, uma ideia. É um dos melhores blogs de culinária que conheço. Hoje a Tati tem um canal no Youtube e ficou ainda mais fácil aprender com ela.

Não sei como, conheci o Pitadinha, blog da Ju. Receitas que te abraçam. Receitas para a família, em porções grandes e até receitas leves e muito saborosas. Tudo explicadinho com tanto amor, que eu sempre que faço uma receita dela tenho vontade de colocar um pedacinho numa caixa e mandar pra Recife.

Com a Ju e a Tati eu fui tomando gosto pela cozinha, porque aos poucos as coisas começaram a dar certo. O macarrão começou a ficar no ponto, eu descobri a quantidade de sal “do meu gosto”, os bolos não solavam mais. Fiz um risoto. Uma carne no ponto. Uma torta de frango.

A principal dica é: siga a receita. Encontre um blog, um canal do youtube, um livro, um chef de sua confiança e siga as receitas. Siga até ter segurança de criar as suas, de fazer substituições. Se a receita de bolo é com farinha branca, faça com farinha branca da primeira vez. Faça com o açúcar que for pedido e com a quantidade de óleo certa. Depois, teste com suas substituições.

As coisas nem sempre dão certo da primeira vez. Sua omelete vai ficar destruída, seu bife vai ficar salgado e a lasanha, aguada (true story). Mas isso tudo é importante para aprender qual a sua dificuldade e onde as coisas estão dando errado. Persevere!

Por onde começar:


Meus livros referência:

Tag “Biblioteca na Cozinha” aqui do blog

Playlists maravilhosas para quem está começando a cozinhar:

Panelinha – Santa Rita 
Panelaterapia – Utensílios de Cozinha 

Outros blogs legais:



Boa sorte!

Comentários

Destaques

Cusco e Lima

Compartilho algumas experiências que tivemos entre Cusco e Lima pra tentar te inspirar a conhecer estes lugares maravilhosos. No final, alguns links que usei para programar a viagem e que tem outras dicas muito úteis.
Comprei as passagens com muitos meses de antecedência: a primeira parada foi em Cusco, ficamos cinco dias e, depois, Lima, por mais 3 dias.  Em Cusco, fomos direto para o Loki Hostel, para dormir uma noite antes do passeio Machu Picchu by train (da Loki Travel) que dura dois dias. Escolhi comprar o pacote (que incluía passagens, translados e entrada em Machu Picchu) porque achei muito complicado agendar passagens de trem, translados, comprar entradas para Machu Picchu, agendar hostel e guias, mas você pode fazer tudo sozinho também.
Uma publicação compartilhada por Thaynara Rezende (@sopostocomida) em 9 de Mai, 2018 às 5:09 PDT
O Loki Hostel tem um bar maravilhoso, que serve pratos de café da manhã, almoço e jantar com preço justo e ótima qualidade. Foi muito bom ter est…

Para congelar: comida feita em casa, todos os dias!

Sempre congelo grão de bico cozido, molho de tomate, frango desfiado, espinafre, etc.  Porque não congelar o prato pronto também? Resolvi investir um dia para congelar as refeições da semana aqui em casa. Eu fui incentivada por um post da JuPitadinha, que está programando as refeições da família dela para um mês. Aqui, meu congelador é pequeno e comporta refeições para os cinco dias úteis, os mais problemáticos para pensar nos cardápios e cozinhar. Hoje, em 5 horas de trabalho (entre compras e cozinha) resolvi 4 pratos para duas pessoas e 6 marmitas de 500 ml de sopa pra mim (amo sopa, mesmo quando tá calor!).
Após alguns testes, concluí que este recipiente que uso - 750ml - rende 4 refeições pra gente, ou seja, é perfeito para 1 jantar e 1 almoço para duas pessoas. Faça os testes e rapidinho você vai encontrar uma quantidade ideal pra sua realidade.

O arroz ou a batata faço na hora, porque é bem rápido e fácil, né. Mas dá pra congelar o arroz prontinho e fica ótimo também.  Alface e…

Bobó de Frango com Inhame

Quem me acompanha no Insta e no Twitter viu minha empolgação com esta receita, da maravilhosa Rita Lobo. É um bobó um pouco diferente: ao invés de mandioca e camarão, é feito com frango e inhame. Excelente para variar o cardápio do dia a dia. Receita fácil, rápida e feita em uma panela só. Aqui, dispensamos os acompanhamentos, que poderiam ser arroz ou farinha de milho.
Para acessar a receita, clique aqui