Pular para o conteúdo principal

Como aprender a cozinhar

Eu morava sozinha e lembro-me de digitar no Google “blog de cozinha” e o Panelaterapia apareceu como sugestão. E caiu como uma luva.

As receitas da Tati eram (e são) simples, fáceis e preparadas em porções pequenas. Ela descreve muito bem o passo a passo das receitas, então, para quem não sabia ferver água, o blog chegou na hora certa. Ainda acesso o Panelaterapia, quase diariamente, procurando uma inspiração, uma sobremesa, uma ideia. É um dos melhores blogs de culinária que conheço. Hoje a Tati tem um canal no Youtube e ficou ainda mais fácil aprender com ela.

Não sei como, conheci o Pitadinha, blog da Ju. Receitas que te abraçam. Receitas para a família, em porções grandes e até receitas leves e muito saborosas. Tudo explicadinho com tanto amor, que eu sempre que faço uma receita dela tenho vontade de colocar um pedacinho numa caixa e mandar pra Recife.

Com a Ju e a Tati eu fui tomando gosto pela cozinha, porque aos poucos as coisas começaram a dar certo. O macarrão começou a ficar no ponto, eu descobri a quantidade de sal “do meu gosto”, os bolos não solavam mais. Fiz um risoto. Uma carne no ponto. Uma torta de frango.

A principal dica é: siga a receita. Encontre um blog, um canal do youtube, um livro, um chef de sua confiança e siga as receitas. Siga até ter segurança de criar as suas, de fazer substituições. Se a receita de bolo é com farinha branca, faça com farinha branca da primeira vez. Faça com o açúcar que for pedido e com a quantidade de óleo certa. Depois, teste com suas substituições.

As coisas nem sempre dão certo da primeira vez. Sua omelete vai ficar destruída, seu bife vai ficar salgado e a lasanha, aguada (true story). Mas isso tudo é importante para aprender qual a sua dificuldade e onde as coisas estão dando errado. Persevere!

Por onde começar:


Meus livros referência:

Tag “Biblioteca na Cozinha” aqui do blog

Playlists maravilhosas para quem está começando a cozinhar:

Panelinha – Santa Rita 
Panelaterapia – Utensílios de Cozinha 

Outros blogs legais:



Boa sorte!

Comentários

Destaques

Bolinho de Chuva

Café da manhã homemade mais fácil e rápido que buscar pão na padaria!

BOLINHO DE CHUVA - Receita do instagram da Ju @pitadinha

1 3/4 xícaras de farinha de trigo
1/2 xícara de açúcar 
1/2 xícara de leite 
1 ovo 
1 pitadinha de sal
1 colher de café de canela
1 colher chá fermento 
Misture todos os ingredientes com um fouet e frite em óleo não muito quente (fogo médio) até dourar dos dois lados. 
Depois de fritos, escorra e polvilhe com açúcar e canela.
*A massa fica mole mesmo, utilize duas colheres para colocá-la no óleo. *Se o óleo estiver muito quente os bolinhos ficarão crus por dentro.

Carne de Porco à Portuguesa

Pesquisei algumas receitas e fiz a minha versão de Carne de Porco à Portuguesa, dica da minha amiga Priscilla Suellen.



CARNE DE PORCO À PORTUGUESA

- 400gr de lombo de porco em cubos médios
- 150 ml de vinho branco
- 2 dentes de alho
- 1 batata doce média
- 2 batatas inglesas médias
- 1 colher (chá) páprica picante
- 1/2 xícara (chá) azeitona preta
- 1 folha de louro
- sal, pimenta e salsinha a gosto
- azeite

Primeiro prepare a marinada para a carne de porco: coloque a carne em um bowl, misture o sal pimenta do reino, o vinho branco os dentes de alho picados em pedaços grandes e a folha de louro cubra com plástico filme e leve à geladeira por 40 minutos. Enquanto isso, pique as batatas em cubos grandes, tempere com a páprica, sal e azeite e leve para assar em forno alto (230oC), pré-aquecido, por 25 minutos, virando-as na metade do tempo para dourarem por igual. Aqueça uma panela e regue com um pouco de azeite. Separe a carne de porco do líquido da marinada e frite-a no azeite. Quando …

Bacalhau com Natas

Hoje a receita quem me passou foi minha grande amiga Priscilla (saudades, amiga). A original é do site Sabor Intenso e eu adaptei apenas temperos e quantidades. A intenção era fazer o suficiente para duas pessoas, mas acabou sobrando, então, nestas quantidades serve 3 porções.  Aqui, já conhecia esta receita por "bacalhau que nós gostamos" ou "bacalhau à consulesa", mas vou manter o nome original, apesar de não ter natas aqui em Minas e sim creme de leite.
BACALHAU COM NATAS


400gr de bacalhau salgado em lascas (usei do porto, pode ser qualquer um) 500gr de batata inglesa picada em cubos 1 cebola grande picada em meia lua 1 xícara de leite 2 colheres (sopa) de manteiga 2 colheres (sopa) de farinha de trigo 1 xícara de creme de leite fresco 1 colher de sopa de tempero caseiro (clique para ver a receita) Óleo para fritar as batatas Azeite para refogar o bacalhau Parmesão ralado na hora
1. Dessalgar o bacalhau: colocar de molho em água filtrada, na geladeira, em uma va…