Pular para o conteúdo principal

Manaus - Parte 2 - Restaurantes

Segundo e último post sobre os restaurantes que visitei em Manaus.

TAMBAQUI DE BANDA

Com uma localização privilegiada, visitamos três vezes. Na primeira, pedi uma banda de tambaqui, acompanhada de baião e vinagrete. E descobri por que é um peixe tão recomendado. Tomei também uma caipirinha de cupuaçu, minha fruta favorita: fica bem como geleia, suco, vitamina, bala, bombom etc.
No segundo dia, fomos para almoçar: pedimos o “Caboco Enrolado” de entrada: Rolinhos de banana pacova frita recheados com pirarucu seco ao cream cheese e estava uma delícia. Para almoçar, eu pedi o “Tacaqui o Nhoque”, um prato muito recomendado composto por nhoque de tambaqui ao molho de tucupi, jambu e camarão fresco.  O Sandro pediu Pirarucu com tucupi acompanhado de pirão e arroz.
No terceiro dia, encontramos o Vitor, do blog É de Comer? e pedimos novamente uma banda do tambaqui. Mas antes uma porção de “fish and chips” (de tambaqui também), que foi o prato que o restaurante serviu no estádio durante a Copa do Mundo.

Caboco Enrolado

Tacaqui o Nhoque
Uma publicação compartilhada por Só posto comida! (@sopostocomida) em

CAXIRI

O Caxiri é um restaurante contemporâneo que usa ingredientes tradicionais da Amazônia para preparar os pratos. Foi uma experiência maravilhosa, os pratos são deliciosos e bem servidos. Gastronomia de alto nível no menu executivo do almoço.
Pedimos crostini de queijo coalho com castanha e salada do dia de entrada e o prato principal foi a “Kaftamazônica”. A sobremesa foi “parfait de banana” e estava uma delícia também!

Kaftamazônica

Uma publicação compartilhada por Só posto comida! (@sopostocomida) em

CABOQUINHO

Com uma proposta bem diferente dos outros restaurantes que visitamos, este é um fast food de comida típica e, ao contrário dos fast foods tradicionais, com ótima qualidade.

Pedi um sanduíche de pirarucu empanado e um caldinho de peixe. Vale a pena a visita!


--- 

Pra terminar o assunto de comida de Manaus, apreciem este vídeo do Vitor, que ensina a fazer uma receita típica:


*Se você perdeu o primeiro post sobre os restaurantes de Manaus, clique aqui para ver.

Comentários

Postar um comentário

Comente, deixe sugestões, críticas e dicas para as próximas postagens. Volte sempre!

Destaques

Quibe de Berinjela

Versão vegetariana de um dos meus pratos favoritos!
1 xícara de trigo para quibe 2 berinjelas médias 1 maço de hortelã 1/2 cebola 2 colheres (chá) de zaatar 1 colher (chá) de gergelim 2 colheres (sopa) de azeite Sal e pimenta do reino a gosto
1.Coloque o trigo de molho em água quente por 1 hora. 2.Pique a berinjela em cubos e coloque de molho em água com sal por 15 minutos. Retire a berinjela do molho, apertando bem para tirar o máximo possível de água. 3.Asse a berinjela em forno baixo (180ºC) por 20 minutos. 4.Bata no liquidificador: a berinjela, a cebola, os temperos, o azeite, as folhas de hortelã (esta quantidade deixa o sabor bem forte, coloque de acordo com o seu gosto). 5.Escorra o trigo em uma peneira, retirando todo o excesso de água. 6.Misture a berinjela batida com o trigo, disponha em uma assadeira untada e asse em forno pré aquecido (180ºC) por aproximadamente 40 minutos.
Não fica com a mesma textura do quibe de carne, fica mais cremoso. Mesmo assim, foi aprovadíssimo a…

Comidinhas da Diana

Inicialmente pensado para ser um instagram com receitas e dicas para introdução alimentar dos bebês, a página da Diana e da Fernanda se tornou uma inspiração pra mim.

E fez tanto sucesso que virou livro: ele traz receitas simples e com muitos vegetais, excelente para variar o cardápio e tornar opções cotidianas mais nutritivas - um exemplo é a carne moída com legumes, preparo simples e que ganha mais sabor e nutrientes com adição de legumes variados.

Há também indicação de idade e algumas receitas são indicadas para intolerantes, embora este não seja o foco.

Todas as receitas do livro estão no Insta que linkei acima e o blog está sendo construído também. Gosto do livro pela facilidade de ter as receitas sempre a mão. Excelente para crianças e adultos!

Cardápio para quibe assado

Precisava de acompanhamentos para o Quibe Assado que eu estava morrendo de vontade de preparar e, indecisa, providenciei vários:
Caponata de Berinjela Salada de Abobrinha Grelhada Salada de lentilha com cebola caramelizada
Também comprei pão sírio e hommos tahine. Um cardápio lindo, diversificado e saudável!
Segue a receita do QUIBE ASSADO (para 06 pessoas)
1,5 kg de patinho moído duas vezes 2 xícaras (chá) trigo para quibe 2 colheres (sopa) de pimenta síria 1 punhado de hortelã Sal a gosto (aqui foram duas colheres de sopa) 1 cebola Azeite
Hidrate o trigo em água morna por trinta minutos. Escorra e reserve.
Bata cebola, a hortelã, a cebola e a pimenta no liquidificador. Amasse bem a carne com o tempero. Junte o trigo e misture novamente muito bem. Junte 1 xícara (chá) de água gelada e incorpore à mistura.
Coloque a mistura em um travessa de vidro untada com azeite e aperte bem. Faça marcações em diagonal no quibe, cubra com um pouco para azeite e leve para assar  em forno médio pré aqu…