Pular para o conteúdo principal

Manaus - Parte 1 - Restaurantes

A culinária do norte é a mais rica do Brasil! Conseguimos visitar todos os restaurantes que estavam na lista e ainda voltei pra BH com saudades. Minhas considerações sobre os restaurantes que visitamos e os pratos que pedimos estão neste post!

AMAZÔNICO PEIXARIA
Assim que chegamos em Manaus, fomos almoçar neste restaurante. Pedimos dadinhos de tapioca de entrada, eles vieram acompanhados de geleia de cupuaçu e eu desconfio que não poderíamos ter escolhido melhor! O prato principal foi uma matrinxã recheada com farofa acompanhada de baião de dois e vinagrete. Eu não sou fã de coentro, mas o prato estava muito equilibrado e ele fez o seu papel sem roubar o sabor de nada. Além dos acompanhamentos que já vem com o peixe, pedimos ainda um purê de banana pacova, que compôs perfeitamente o prato. Tudo muito bem servido e delicioso!

Matrinxã recheada com farofa

Dadinhos de tapioca com geleia de cupuaçu
CAFÉ COM LEITE
Um café com um cardápio variado de sanduíches, tapiocas e sucos. Pedi a “tapioca da terra”, recheada com banana frita, queijo coalho e tucumã, um fruta bem comum na região. Confesso que o tucumã puro não me agradou muito, mas ele ali, casando com a banana e com o queijo ficou perfeito. Não tive chance de comer o tucumã de novo, espero ter outra logo!

Tapioca da Terra

BANZEIRO
Em um dos restaurantes mais famosos da cidade, pedimos a esperada formiga saúva em espuma de mandioquinha. Sensacional! O cardápio de entradas é muito extenso e todas pareciam deliciosas, preciso voltar!
O prato principal foi o Pirarucu Amazônico (com banana frita e queijo coalho) e estava perfeito. Também foi complicado escolher o prato, queria provar todos os peixes. Escolhemos o pirarucu porque já havíamos comido a Matrinxã e o Tambaqui em outros lugares, só usando este critério mesmo para conseguir decidir.
Também pedi o trio de batidinhas (cupuaçu, graviola e taperebá) e a inusitada caipirinha manauara: feita com banana!

Trio de batidinhas

Saúva na espuma de mandioquinha

Uma publicação compartilhada por Só posto comida! (@sopostocomida) em

Como o post ficou extenso, continuarei no próximo!            

Comentários

  1. Que riqueza de sabores! Fiquei com vontade de experimentar todos, mas as formiguinhas me atraem mais, porque são diferentes! Kkkk oq você achou do sabor? Bjos amiga e parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, obrigada pela mensagem! As formigas são ótimas, também tive oportunidade de comer uma in natura. O sabor lembra de erva cidreira e elas são bem crocantes. Beijos!

      Excluir

Postar um comentário

Comente, deixe sugestões, críticas e dicas para as próximas postagens. Volte sempre!

Destaques

Quibe de Berinjela

Versão vegetariana de um dos meus pratos favoritos!
1 xícara de trigo para quibe 2 berinjelas médias 1 maço de hortelã 1/2 cebola 2 colheres (chá) de zaatar 1 colher (chá) de gergelim 2 colheres (sopa) de azeite Sal e pimenta do reino a gosto
1.Coloque o trigo de molho em água quente por 1 hora. 2.Pique a berinjela em cubos e coloque de molho em água com sal por 15 minutos. Retire a berinjela do molho, apertando bem para tirar o máximo possível de água. 3.Asse a berinjela em forno baixo (180ºC) por 20 minutos. 4.Bata no liquidificador: a berinjela, a cebola, os temperos, o azeite, as folhas de hortelã (esta quantidade deixa o sabor bem forte, coloque de acordo com o seu gosto). 5.Escorra o trigo em uma peneira, retirando todo o excesso de água. 6.Misture a berinjela batida com o trigo, disponha em uma assadeira untada e asse em forno pré aquecido (180ºC) por aproximadamente 40 minutos.
Não fica com a mesma textura do quibe de carne, fica mais cremoso. Mesmo assim, foi aprovadíssimo a…

Comidinhas da Diana

Inicialmente pensado para ser um instagram com receitas e dicas para introdução alimentar dos bebês, a página da Diana e da Fernanda se tornou uma inspiração pra mim.

E fez tanto sucesso que virou livro: ele traz receitas simples e com muitos vegetais, excelente para variar o cardápio e tornar opções cotidianas mais nutritivas - um exemplo é a carne moída com legumes, preparo simples e que ganha mais sabor e nutrientes com adição de legumes variados.

Há também indicação de idade e algumas receitas são indicadas para intolerantes, embora este não seja o foco.

Todas as receitas do livro estão no Insta que linkei acima e o blog está sendo construído também. Gosto do livro pela facilidade de ter as receitas sempre a mão. Excelente para crianças e adultos!

Cardápio para quibe assado

Precisava de acompanhamentos para o Quibe Assado que eu estava morrendo de vontade de preparar e, indecisa, providenciei vários:
Caponata de Berinjela Salada de Abobrinha Grelhada Salada de lentilha com cebola caramelizada
Também comprei pão sírio e hommos tahine. Um cardápio lindo, diversificado e saudável!
Segue a receita do QUIBE ASSADO (para 06 pessoas)
1,5 kg de patinho moído duas vezes 2 xícaras (chá) trigo para quibe 2 colheres (sopa) de pimenta síria 1 punhado de hortelã Sal a gosto (aqui foram duas colheres de sopa) 1 cebola Azeite
Hidrate o trigo em água morna por trinta minutos. Escorra e reserve.
Bata cebola, a hortelã, a cebola e a pimenta no liquidificador. Amasse bem a carne com o tempero. Junte o trigo e misture novamente muito bem. Junte 1 xícara (chá) de água gelada e incorpore à mistura.
Coloque a mistura em um travessa de vidro untada com azeite e aperte bem. Faça marcações em diagonal no quibe, cubra com um pouco para azeite e leve para assar  em forno médio pré aqu…