Pular para o conteúdo principal

Foz do Iguaçu

Post um pouco atrasado (viajei em abril de 2016)... Este originalmente foi um e-mail que enviei para alguns amigos que pediram dicas e agora é público!

1) MACUCO SAFÁRI, LADO BRASILEIRO E PARQUE DAS AVES (1 dia)
*SE FOR FAZER O LADO BRASILEIRO E O ARGENTINO, FAÇA O LADO BRASILEIRO PRIMEIRO!

Recomendo ir de táxi, mas existe a opção do ônibus também. Compre uma capinha a prova d'água para o seu celular, dessas baratinhas mesmo, e também compre capas de chuva com antecedência, dentro do parque é tudo mais caro.

Quando comprar seu ingresso, pergunte ao pessoal do guichê onde compra o passeio do Macuco Safari. Você vai fazer o passeio completo (com o barco, que é o mais importante) e custa se não me engano uns R$200 por pessoa e vale cada centavo. A entrada do Macuco fica dentro do parque.

Você vai pegar um ônibus super bacana e vai por uma estrada linda até bem próximo das cataratas. Vá pela trilha (toda sinalizada) e volte de elevador. Como a fila do elevador estava gigante, nós voltamos pelo caminho normal mesmo.


Imagem do lado brasileiro das Cataratas do Iguaçu
Depois de ver as cataratas, hora da cereja do bolo, o passeio de barco - Macuco Safári. Lindo e imperdível. Leve roupa para se trocar. Deixe tudo que não pode se molhar no guarda volumes (precisa comprar ficha), vá de chinelo para não molhar o tênis e evitar bolhas porque você ainda vai andar muito no lado argentino.

Vista das cataratas no Macuco Safári
Saindo do Macuco, pegue o ônibus de volta para a entrada, saia do parque e atravesse a rodovia para o Parque das Aves.


É muito lindo, principalmente a parte dos tucanos e araras <3.

Tucano no Parque das Aves

A noite, dá pra jantar em um dos restaurantes legais que tem lá. Não compramos nenhum dos passeios para restaurantes com a agência, preferi pesquisar e ir por minha conta mesmo.

2) LADO ARGENTINO DAS CATARATAS (1 dia - não marque nada para a noite)
Se tiver que fazer só um passeio, é esse! Recomendo fortemente que você contrate uma agência porque o parque do lado argentino é gigante, a estrutura não é tão boa quanto do lado brasileiro, as trilhas são longas e confusas e o guia é essencial pra te ajudar a aproveitar bem o dia. Faça todas as trilhas. Vá na Garganta do Diabo: você pode ver mil fotos, mil vídeos, que nunca vai conseguir imaginar o que é estar lá. Nossa guia foi a Vivian e ela é ótima, é da Loumar Turismo, aí embaixo estão os contatos. 
Não marque nada para a noite deste dia, você vai chegar super cansado e vai querer pedir delivery no hotel.

Garganta do Diabo - Lado Argentino das Cataratas


3) NOITE ARGENTINA
A agência tem essa opção de passeio e eu gostei bem! Talvez se  chegar cedo dê pra fazer no dia da chegada, já que se não me engano eles saem por volta de 18h, mas aí tem que ver direitinho sobre reserva, horários etc. Basicamente a van te leva em uns lugares na fronteira pra comprar vinhos, embutidos, temperinhos, doce de leite, alfajor etc. Recomendo um que provei lá, da marca CACHAFAZ. Este passeio também tem a opção de visita ao Ice Bar.

Jantar no Te Amaré Maitena


4) ITAIPU
Tem a opção de visita a parte interna da usina ou só o passeio da vista mesmo. É uma obra impressionante, mas particularmente achei cansativo (fizemos o tour completo).



5) CENTRO BUDISTA
É mais ou menos perto de Itaipu, dá pra fazer no mesmo dia. 

Eu comprei Pesos aqui, mas no caminho para as Cataratas Argentinas o pessoal da agência parou para fazer o câmbio. A maioria dos lugares que você vai do lado argentino aceitam Reais mas a entrada do parque deve ser paga com a moeda argentina (procure saber o preço atualizado dos ingressos).

Ah, dia de churrascaria - recomendo a Churrascaria do Gaúcho. 

O melhor restaurante foi o La Máfia, massa perfeita e a decoração do lugar é muito legal. Liguei para fazer a reserva e já agendei o transfer. 

Outros links que podem ajudar:

- http://www.loumarturismo.com.br/ - no site da Loumar tem atendente on line, eles são ótimos!

Comentários

Destaques

Quibe de Berinjela

Versão vegetariana de um dos meus pratos favoritos!
1 xícara de trigo para quibe 2 berinjelas médias 1 maço de hortelã 1/2 cebola 2 colheres (chá) de zaatar 1 colher (chá) de gergelim 2 colheres (sopa) de azeite Sal e pimenta do reino a gosto
1.Coloque o trigo de molho em água quente por 1 hora. 2.Pique a berinjela em cubos e coloque de molho em água com sal por 15 minutos. Retire a berinjela do molho, apertando bem para tirar o máximo possível de água. 3.Asse a berinjela em forno baixo (180ºC) por 20 minutos. 4.Bata no liquidificador: a berinjela, a cebola, os temperos, o azeite, as folhas de hortelã (esta quantidade deixa o sabor bem forte, coloque de acordo com o seu gosto). 5.Escorra o trigo em uma peneira, retirando todo o excesso de água. 6.Misture a berinjela batida com o trigo, disponha em uma assadeira untada e asse em forno pré aquecido (180ºC) por aproximadamente 40 minutos.
Não fica com a mesma textura do quibe de carne, fica mais cremoso. Mesmo assim, foi aprovadíssimo a…

Comidinhas da Diana

Inicialmente pensado para ser um instagram com receitas e dicas para introdução alimentar dos bebês, a página da Diana e da Fernanda se tornou uma inspiração pra mim.

E fez tanto sucesso que virou livro: ele traz receitas simples e com muitos vegetais, excelente para variar o cardápio e tornar opções cotidianas mais nutritivas - um exemplo é a carne moída com legumes, preparo simples e que ganha mais sabor e nutrientes com adição de legumes variados.

Há também indicação de idade e algumas receitas são indicadas para intolerantes, embora este não seja o foco.

Todas as receitas do livro estão no Insta que linkei acima e o blog está sendo construído também. Gosto do livro pela facilidade de ter as receitas sempre a mão. Excelente para crianças e adultos!

Cardápio para quibe assado

Precisava de acompanhamentos para o Quibe Assado que eu estava morrendo de vontade de preparar e, indecisa, providenciei vários:
Caponata de Berinjela Salada de Abobrinha Grelhada Salada de lentilha com cebola caramelizada
Também comprei pão sírio e hommos tahine. Um cardápio lindo, diversificado e saudável!
Segue a receita do QUIBE ASSADO (para 06 pessoas)
1,5 kg de patinho moído duas vezes 2 xícaras (chá) trigo para quibe 2 colheres (sopa) de pimenta síria 1 punhado de hortelã Sal a gosto (aqui foram duas colheres de sopa) 1 cebola Azeite
Hidrate o trigo em água morna por trinta minutos. Escorra e reserve.
Bata cebola, a hortelã, a cebola e a pimenta no liquidificador. Amasse bem a carne com o tempero. Junte o trigo e misture novamente muito bem. Junte 1 xícara (chá) de água gelada e incorpore à mistura.
Coloque a mistura em um travessa de vidro untada com azeite e aperte bem. Faça marcações em diagonal no quibe, cubra com um pouco para azeite e leve para assar  em forno médio pré aqu…