Pular para o conteúdo principal

Cassoulet

Segundo a Wikipedia, o Cassoulet é "uma especialidade gastronômica de origem francesa da região de Languedoc-Roussillon, em especial das cidades de Carcassonne, Castelnaudary e Toulouse. Tem distintas versões, mas é feito basicamente com feijão seco e carne, principalmente o confit d'oie (confit de ganso), confit de canard (confit de pato), salsichas, linguiça, carne de porco, e até carne de perdiz ou cordeiro dependendo da temporada do ano ou da variedade local".

Ou seja, talvez seja um pouco ambicioso chamar esta receita de Cassoulet, mas... o importante é que fica deliciosa! 

CASSOULET 



250gr de feijão branco (cru)
2 folhas de louro
3 gomos de linguiça toscana
2 filés de peito de frango em cubinhos
1 linguiça calabresa em cubinhos
3 tomates italianos ou andrea - sem casca, sem sementes e em cubinhos
1 cenoura média em rodelas
2 cebolas em cubinhos
1 colher de tempero caseiro ou 2 dentes de alho triturados
Azeite pra refogar
Sal a gosto
Cebolinha e salsinha para servir à parte

Na véspera, coloque o feijão branco de molho (deixe entre 12 e 18 horas).
Na hora de cozinhar, escorra a água, lave bem o feijão e cozinhe na panela de pressão (com o nível da água uns dois dedos acima do nível do feijão) por aproximadamente 15 minutos com as folhas de louro.

Reserve o feijão cozido com a água (retire as folhas de louro) e bora pro refogado.

Aqueça a panela onde você vai preparar o cassoulet e regue com um fio de azeite. Refogue as linguiça toscanas inteiras por uns 5 minutos, deixando dourar de todos os lados. Retire as linguiças da panela e reserve. Corte as linguiças em rodelas.
Regue a panela com mais um pouco de azeite e refogue o peito de frango. Coloque um pouco de água na panela e raspe bem o fundo. Deixe secar e retire o frango da panela. 
Refogue a calabresa em  mais um pouco de azeite e junte a cebola. Refogue até a cebola ficar transparente. Acrescente o alho (ou tempero caseiro) e os tomates picados. Mexa bem, junte 1 colher de chá de sal e deixe cozinhando até o tomate se desmanchar e em seguida começar a secar.

Junte a linguiça, o frango, a cenoura e o feijão, mexa bem e cubra com água. Deixe ferver em fogo baixo por uns dez minutos (vá acrescentando água aos poucos, a aparência é de sopa, mas o caldo não deve ficar aguado). Acerte o sal.

Sirva com cebolinha e salsinha a parte.

Esta receita serve 4 pessoas.

Bon Appétit!

Comentários

Destaques

Bolo Integral de Pera

Troquei as maçãs por peras nesta receita de bolo da Ju Pitadinha.
BOLO INTEGRAL DE PERA
2 peras grandes 1 xícara de farinha de arroz (usei integral) 1 xícara de farinha de trigo integral (pode ser a branca) 3/4 xícara de açúcar (usei metade mascavo e metade de coco) 3 ovos 1 colher (sopa) de fermento em pó Opcionais: canela, gengibre em pó, noz moscada
Bata o açúcar, os ovos e as cascas das peras no liquidificador.
Em um bowl, coloque as peras picadas, as farinhas e misture bem. Junte a mistura do liquidificador , o fermento, gengibre (1 colher de café), canela (1 colher de chá) e noz moscada (1 pitada).
Despeje a massa em uma forma untada e enfarinhada e asse em forno pré aquecido a 200ºC por aproximadamente 30 minutos.

Bolinho de Feijão Branco

Bolinho de Feijão Branco

1 xícara de feijão branco cru (depois de cozido, são 2 xícaras e meia)
2 c.sopa cebolinha picadinha
1 c.cafe de alho em pó
2 c. sopa de farinha de aveia
1 c. sopa de azeite
1/2 cenoura ralada (fino)
Sal e pimenta preta a gosto

Deixe o feijão cru de molho por 24h. Escorra e cozinhe na pressão com água e uma folha de louro por 15 min (depois que pegar pressão);

Escorra bem o feijão e amasse com um garfo. Misture todos os outros ingredientes, modele bolinhas, achate e grelhe em uma frigideira antiaderente até formar essa casquinha dourada.


Comidinhas da Diana

Inicialmente pensado para ser um instagram com receitas e dicas para introdução alimentar dos bebês, a página da Diana e da Fernanda se tornou uma inspiração pra mim.

E fez tanto sucesso que virou livro: ele traz receitas simples e com muitos vegetais, excelente para variar o cardápio e tornar opções cotidianas mais nutritivas - um exemplo é a carne moída com legumes, preparo simples e que ganha mais sabor e nutrientes com adição de legumes variados.

Há também indicação de idade e algumas receitas são indicadas para intolerantes, embora este não seja o foco.

Todas as receitas do livro estão no Insta que linkei acima e o blog está sendo construído também. Gosto do livro pela facilidade de ter as receitas sempre a mão. Excelente para crianças e adultos!